crisjoshaff@gmail.com

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Eros & Psiquê



Procuro-te de olhos vendados...
Como Psiquê não posso abrir os olhos e ver...
Eros!?!
Sofro a incógnita....
Busco respostas...
Mergulho-me na solidão, na saudade...
Onde estás?
Procuro-te douradamente encantado no meu amanhecer.
Perturba-me o abandono, a falta de ti ...
Que tinge de negro o meu olhar...
Se é noite, porque não vejo estrelas?
Porque não posso enamorar-me sob a lua?
Onde estará o amor 
Que ainda há pouco fazia parte dos meus sonhos?
És um mito?
Ou és saudade?
Sou real ou fantasia colorida, que adormeceu nos sonhos?
Por que não posso ver-te, se te amo tanto?
Por que teu toque está impregnado em mim?
E teu gosto ainda arde em minha boca?
És gosto de veneno que me atiça?
Ou és perfume que a mim cobiça?
Ah, amor ligeiro, flechaste-me...
E agora sofro...
Beija-me...
Cala meu silêncio com teu desejo...
Queima em mim a tua volúpia...
E voe comigo para a eternidade!

2 comentários:

  1. MARAVILHOSO SEU BLOG! SUCESSO E MUITA PAZ.BJS
    VISITE: WWW.INSTITUTOEUQUEROPAZ.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Alexandre, fico feliz que você tenha gostado. Sempre que possível visite o blog,será sempre bem-vindo. Como escrevo há muito tempo, tenho tentado postar de duas a três vezes por semana. Muito sucesso e paz para você também!

    ResponderExcluir