crisjoshaff@gmail.com

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Voz da alma




A luz da lua despeja plenilúnios
Ouço uma voz que ecoa dentro de mim
Chamando-me pelo nome
Procuro-a e não a vejo
Fecho os olhos e abro o coração
Sinto-te perto...
Posso dedilhar tuas formas
Contornar teus lábios
Ouvir teus suspiros
Mas meus olhos não conseguem alcançar-te
Estás longe... Estás aqui... Dentro de mim!

Nenhum comentário:

Postar um comentário