crisjoshaff@gmail.com

sábado, 3 de março de 2012

Luz de um olhar


 
A luz se foi com o teu olhar...
Luz que vai e vem no meu sonhar.
Brota esperanças de um amor,
Ilusões em forma de flor.
Nasce sonhos no amanhecer...
Como espumas vejo-os desvanecer.
Saudade persiste em mim,
Na tua longa ausência sem fim.
Solidão inefável e crua.
Esperança de um sonho à luz da lua...
No coração, meu amor suspira
Por aquela luz do olhar 
Com que o destino conspira.
Com lembranças perturbadoras permaneço.
Pensamentos, medos, sonhos que não esqueço
Tua imagem, tua voz... 
Tudo me faz sonhar.
Do coração não consigo apagar
Essa luz do teu olhar!
Luz que se foi...
Mas não consigo desfragmentar
Das lembranças, do pensamento...
Que nas horas passam soprando ao vento,
Meu lamento, minha dor...
Que surgiu num olhar 
e perde-se num sonho de amor!

2 comentários:

  1. Luz de um olhar, que nos trás saudade..que nos trás silencio..saudade e silêncio é como o escuro, frio e sem norte.
    Um belo poema de amor, Neide. Parabéns!
    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Elzinha... O silêncio e a saudade ampliam as eoções daqueles que amam!
      Obrigada pela visita.
      Abraços!

      Excluir