crisjoshaff@gmail.com

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

O beijo do entardecer


Estou aqui...
Caminhando pela orla da praia
Pés descalços
Alma em frangalhos
Coração dilacerado...
Minha vida em cacos:
Pedaços coloridos de outrora,
Pedras cinza de agora...
A intensidade dos sonhos...
A crueldade... a realidade...
As ondas banham-me os pés,
Sinto a água fria a me tocar os tornozelos,
Ouço o marulho,
Sinto a brisa fria da despedida...
Longe vejo o sol se por...
Despejando raios de fogo no céu...
Desenham  novas direções
Fecho os olhos para afastar a dor
E no horizonte supremo
Vejo o beijo do entardecer
O feminino: terra e o masculino: céu
Delineiam sobre mim os matizes da noite
Ainda sem lua...
Mas repleta de estrelas no seu pálio aberto!

Um comentário: