crisjoshaff@gmail.com

domingo, 7 de outubro de 2012

Catarse



Alma de minh'ama, perdida,
Encarcerada nos confins do ser
Triste fico por te ver
Encurralada entre medos, partida...

Alma de sonhos devastada,
Destituída de si mesma
Inodora, desfolhada,
Despojada, amortalhada...

Alma errante, espectro,
Sibilando a esmo
Vagando sem rumo...
Na busca vã do intelecto...

Alma de minh'ama,
Enfeitiçada pelo desvario, ilusão
Sofre, chora, clama...
Deixa exposto o caos do coração...

Lava com lágrimas seus mistérios,
Cacos coloridos: mosaico da paixão...
Catarse: ensinamentos verdadeiros...
Caminho dO Amor: Purificação!



Nenhum comentário:

Postar um comentário