crisjoshaff@gmail.com

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Ontem



Quando o sonho toca a realidade,
Somos conduzidos a um lugar
Onde tudo é possível...
Nada é proibido...

Um lugar perdido
No tempo e no espaço...
Onde não importa quem somos,
Mas o que sentimos.

Destituídos de máscaras
Revelamos a identidade da alma.
Aquela que camaleonicamente
Camuflamos sobre os véus do bom senso...

De alma limpa... Absorvemos...
E somos sorvidos pelas sensações...
Perdemos a noção do tempo
Numa avalanche de emoções...

Diante deste espelho
Vemos asas ruflarem...
O divino em nós despeja luz
Sobre corpos estelares...

Comungamos com o sagrado
Da essência humana...
Entregamos e recebemos
A revelação do divino no profano...

De corpo e alma entrelaçados
Alcançamos as estrelas...
Abraçados ao surreal,
Adormecemos sem querer acordar...

É apenas o Amor em viagem astral...
Noutro tempo... A Caminho do Amor...
Conduzindo-nos... já que poucos são escolhidos:
Para os que podem ouvir... que ouçam!


Nenhum comentário:

Postar um comentário