crisjoshaff@gmail.com

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

É proibido?


É proibido sonhar
Diz a tempestade
Que teima em me devastar...

É proibido viver
O desabrochar do meu jardim,
Pedaços de mim que vejo se perder?...

É proibido sentir
Os aromas e os sabores
Entrelace de laços, amor a florir?...

É proibido se arriscar?
Deixar de lado todos os medos,
Afinal, já se cansou de chorar?...

É proibido ter
Sonhos, acreditar em quimeras,
Olhar para trás sem mais nada temer?...

É proibido pedir
Para que nos libertem das prisões
E, novamente, possamos sorrir?

É proibido pensar
No futuro, no presente e no passado
Caminhos em nós a se intercruzar?...

É proibido se soerguer?
Abrir os olhos  mesmo sem se ver?
Deixar-se levar sem, de fato, entender?

É proibido prosseguir
Na direção do coração?
Mesmo porque não se sabe mais aonde ir...

É proibido acreditar
Em si mesmo, fazer novos planos
Que nos permitam outros voos alçar?...

É proibido perder
O medo de se arrepender?
Debulhar metáforas e perfumes com prazer?...

É proibido mentir
Para nós mesmos?
Desejar viver sem mentiras no porvir?...

É proibido cantar
As canções que nos fazem dançar a alma?
Que reinteram a calma no falar e no calar?...

É proibido ver
Destroços, tropeços e cinzas?...
Não se pode fraquejar diante do nosso poder?...

É proibido vir
Sem bagagem de desamor e dor?...
Afinal, só há valor sem se iludir...

É proibido dançar
A dança do tempo e dos ventos?...
Apropriar-se do céu e do mar?...

É proibido vencer
Os obstáculos do destino?...
Aprender a ultrapassar limites sem sofrer?...

É proibido partir
Da mesmice, do conformismo e da passividade,
Porque há tantos caminhos a seguir?...

É proibido amar?
Mas só o amor nos liberta...
Retira-nos da letargia e nos permite devanear...

É proibido crer?
Sem sonhos não se pode sobreviver...
Sem amor e sonhos só se pode fenecer...

É proibido proibir:
Afinal,  todas as proibições são ridículas!
É preciso em nós acreditar: sonhos permitir!

2 comentários:

  1. Que chique Neide! Gostei muito e como sempre PARABÉNS! Beijos, Anajara.

    ResponderExcluir
  2. REGULAMENTO DO “IX CONCURSO PLÍNIO MOTTA DE POESIAS”

    A Academia Machadense de Letras (Machado-MG / Brasil) comunica a realização em novembro de 2013 de seu “IX Concurso Plínio Motta de Poesias”. As inscrições encerram-se no dia 14 de outubro (2013).
    Para receber gratuitamente o regulamento em arquivo PDF, e outras informações, entre em contato através do e-mail: machadocultural@gmail.com

    Obs: O tema é livre e aberto a todos de Língua Portuguesa e Espanhola. A taxa de inscrição é de R$5,00 pode ser enviada dentro do envelope. Favor verificar o recebimento do regulamento em pdf e jpeg.
    O concurso será realizado no dia 09 de novembro, às 20:00hs no Anfiteatro da Prefeitura Municipal de Machado-MG.

    Caso sua poesia (que não precisa ser inédita) seja classificada e você não puder aparecer, a Academia indicará um membro para declamá-la.
    --------------------------------
    Encontrem-me no FacebooK
    http://www.facebook.com/carlosroberto.desouza.7?ref=tn_tnmn

    Blog da Academia Machadense de Letras
    http://www.academiamachadensedeletras.blogspot.com

    Meu Twitter
    https://twitter.com/#!/episodiocultura

    Conheçam um pouco do meu trabalho cultural
    http://www.youtube.com/watch?v=5gyGLdnpuvQ

    ResponderExcluir